Sal, insulina e câncer de mama

Sal e câncer de mama – A restrição de sal pode aumentar o risco?

Original aqui por Colin Champ em 17 de abril de 2016

Há pouco ou nenhum dado sobre uma conexão entre câncer de mama e sal. Por outro lado, demonstrou-se que o açúcar está associado com câncer de mama, e em minhas últimas postagens (aqui e aqui), assinalei o papel do açúcar no câncer de mama por vários motivos. Em primeiro lugar, muitos pacientes estão curiosos sobre esta ligação e uma das perguntas mais comuns que me perguntam é sobre dieta e câncer. Em segundo lugar, como mais e mais estudos revelam o papel que açúcar e glicemia desempenham no início do câncer e sua progressão, precisamos estabelecer mudanças dietéticas ideais para reduzir este risco. O lado positivo é que se estilo de vida simples e mudanças na dieta puderem realmente nos ajudar a evitar câncer, isso é uma notícia poderosa.

No entanto, um estudo recente sobre os efeitos do sal chamou minha atenção. Enquanto os estudos sobre a conexão entre sal e câncer de mama são poucos, estes dados podem revelar algumas conexões e levantar algumas questões. Uma dieta pobre em sal poderia aumentar o risco de câncer de mama?

Câncer de mama e sal – o estudo

Neste estudo, 152 homens e mulheres saudáveis foram colocados em uma dieta pobre em sal. A chave aqui é que estes eram indivíduos saudáveis, sem problemas médicos conhecidos. Ainda assim, eles foram colocados em uma dieta pobre em sal segundo as muitas recomendações dietéticas modernas. Após sete dias, uma infinidade de exames foram realizados nos participantes para observar o efeito da mudança dietética.

A noradrenalina, o hormônio do estresse, aumentou com a restrição de sal, e o estresse indesejado aparentemente ativou os sistemas renina-angiotensina-aldosterona e nervoso simpático nos participantes, ou, mais simplesmente, a resposta de “luta ou fuga”. Mais preocupante foi a resistência à insulina que eles experimentaram partir de uma dieta pobre em sal. 1 Os participantes precisaram de mais insulina para baixar a glicemia do que antes de iniciar a dieta pobre em sal. Outro estudo conduzido pelos mesmos pesquisadores também revelou que uma dieta pobre em sal elevou tanto insulina quanto glicemia. 2

A insulina é um hormônio secretado pelo pâncreas para reduzir a quantidade de açúcar em nosso sangue (glicemia). Se a glicemia torna-se demasiado elevada, a insulina transporta parte do açúcar para dentro de nossas células, porque alta glicemia pode ser fatal. Demonstrou-se que glicemia 3 e insulina 4 elevadas estão associadas com alto risco de câncer de mama e piores resultados após o tratamento para câncer de mama. Com base neste estudo, uma dieta pobre em sal em indivíduos saudáveis aumenta ambos. Tais achados são certamente preocupantes.

Câncer de mama e sal – mensagem fundamental

Eu dediquei um capítulo inteiro do meu livro, Medicina Equivocada (Misguided Medicine), para acabar com os mitos do efeito do sal e da nossa saúde. Como você lerá no capítulo, não só muitos estudos não mostraram nenhum benefício na redução do consumo de sal, mas muitos estudos grandes demonstraram danos significativos. Resistência insulínica e glicemia elevada somam-se a esse mal e podem ligar o câncer de mama à restrição de sal.

Além disso, se seguirmos uma dieta de baixo carboidrato, na verdade precisaremos comer mais sal porque a insulina – secretada para baixar a glicemia – atua sobre os rins para reter sódio. Ao sintetizar essas informações, torna-se claro que os dados sobre restrição dietética de sal são duvidosos na melhor das hipóteses e, na pior das hipóteses, perigosos.

Obviamente isso não é um sinal verde para consumir alimentos processados. No entanto, quando uma dieta consiste em comida de verdade e uma quantidade razoável de carboidratos (ou seja, muito menos do que o recomendado pela pirâmide alimentar e a maioria das fontes modernas sobre saúde), na verdade precisamos de mais sal para apoiar nosso sistema cardiovascular e nervoso, mantendo o metabolismo saudável.

REFERÊNCIAS

  1. Garg, R. et al. Low-salt diet increases insulin resistance in healthy subjects. Metabolism 60, 965–968 (2011).
  2. Garg, R., Sun, B. & Williams, J. Effect of low salt diet on insulin resistance in salt-sensitive versus salt-resistant hypertension. Hypertension 64, 1384–7 (2014).
  3. Monzavi-Karbassi, B. et al. Pre-diagnosis blood glucose and prognosis in women with breast cancer. Cancer Metab. 4, 7 (2016).
  4. Goodwin, P. J. et al. Fasting insulin and outcome in early-stage breast cancer: results of a prospective cohort study. J. Clin. Oncol. 20, 42–51 (2002).
Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedintumblrmail